Imagem capa - Aliança: um anel com muito significado por Volnei de Souza
Curiosidades

Aliança: um anel com muito significado


As alianças iniciais eram de ferro e como ele enferruja, foram com o tempo sendo substituídas por metais mais nobres, como a prata e o ouro. As explicações para o uso na mão esquerda também variam. A teoria mais aceitável é de que a mão direita sempre foi símbolo de poder e decisão, e a esquerda de submissão. Usar um anel na mão esquerda, dado pelo cônjuge, teria a conotação de submissão ao parceiro devido ao compromisso assumido.

   Outra teoria é de que pelo anelar passava uma veia que ligava esse dedo diretamente ao coração. Acreditava-se que um imã tinha o poder de atrair o coração humano, órgão que representa o amor. Por isso tiveram a ideia de usar anéis após a celebração matrimonial, com a função de atrair o coração do companheiro para sempre. O imã, em formato de anel, era usado no dedo anular da mão esquerda, pois acreditava-se que ali havia uma veia ligada diretamente ao coração. Esse costume passou depois para os romanos e a Igreja manteve a tradição.



Aliança de noivado – O anel em ouro é o mesmo do casamento e significa apenas maturidade no relacionamento e algum compromisso de que duas pessoas pensam casar-se.  Usa-se no dedo anelar da mão direita significando compromisso. Normalmente, não deve demorar mais que um ano, período importante porque para os noivos se conhecerem melhor e verem se realmente se ajustam. É um teste antes do passo final.

Aliança de Casamento – Em ouro. No dia do casamento, o noivo leva as duas alianças com ele (já polidas e com a data do casamento gravada) e estas serão trocadas durante a cerimônia. Após a cerimônia o noivo e a noiva passarão a usar as alianças no dedo anular da mão esquerda.